Notícias Parada de Todeia Notícias Recarei Notícias Sobreira

Todos Irmãos, todos de casa

ADVENTO/NATAL 2020/2021

Todos irmãos, todos de casa é o lema da caminhada do Advento ao Batismo do Senhor, proposta pela nossa Diocese do Porto. O tema inspira-se no Plano Diocesano de Pastoral “Todos família, todos irmãos” e na recente encíclica do Papa Francisco “Fratelli tutti” (Todos irmãos).

A ideia de nos sentirmos todos de casa, seja na Casa Comum do Mundo, seja na Casa Comum da Igreja, seja na Casa Comum da Família é inspirada na referida Encíclica em que se aponta este ideal: «A nossa sociedade ganha, quando cada pessoa, cada grupo social se sente verdadeiramente de casa» (FT 230).

O programa “Todos de casa” pretende valorizar a família como Igreja Doméstica, sem domesticar ou confinar a vida da Igreja e a celebração do Natal ao espaço restrito da família.

 

Assim, para as nossas famílias propomos:

 

Colocar uma Estrela do lado de fora: Jesus é de casa

Em vez de uma tela ou estandarte com a imagem do Menino Jesus, no exterior das casas, nas portas, nas janelas ou nas varandas, somos convidados a colocar uma Estrela, a apontar o lugar onde Jesus nasce (cf. Mt 2,9) e cresce, como Irmão “de casa”, como o Irmão maior, que nos faz irmãos.

 Construir um presépio

Em cada família construa-se um presépio, de preferência em materiais reciclados. Deve-se escolher um local de destaque na casa para a construção do presépio.

Seguindo a inspiração de São Francisco de Assis, oportuno acentuar a relação entre o Presépio e a Eucaristia. O Presépio construído pelo santo em Greccio não era senão o cenário ideal para a celebração da Eucaristia, em que Jesus, o Filho, nos é dado pelo Pai, na Sua presença real por excelência. Apesar das limitações de espaço e das restrições da pandemia à mobilidade e à proximidade física, importa vencer a tentação de confinar a vivência do Natal à própria casa e ter a audácia de propor a sua celebração pela participação na Eucaristia, que é realmente “a nossa autoestrada para o céu” (Beato Carlos Acutis).  

 

Organizar em cada semana um momento de oração familiar.

Cada família é desafiada a dedicar um tempo de cada semana para um momento de oração familiar. À volta do presépio ou da coroa de advento a família reunir-se-á para uma oração em ligação com a Liturgia da Palavra na Eucaristia dominical e com um apelo semanal, inspirado nos desafios da Encíclica Fratelli tutti: fraternidade, amabilidade, proximidade, solidariedade, identidade, hospitalidade, unidade, universalidade. Os subsídios para esta liturgia familiar serão disponibilizados online no site das paróquias e também serão enviados pelos catequistas via Whatswap para os catequizandos.